Untitled Document
Boa noite, 20 de nov
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Agroecologia

Quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

 
     

Alternativas para a agricultura orgânica serão debatidas em Caxias do Sul (RS)

  

 Evento ocorre de 3 a 5 de novembro e serão debatidos temas como aquecimento global, a problemática do uso indiscriminado de agrotóxicos, biodiversidade e segurança alimentar, vitivinicultura, insumos para a agricultura orgânica,

  

Divulgação    
Agricultura orgânica cresce no Brasil


Por Anahi Fros e Marlei Ferreira, jornalistas

A viabilidade da produção de alimentos sem a aplicação de pesticidas, herbicidas ou fungicidas químicos, bem como a importância da segurança alimentar, estarão em debate nos dias 3,4 e 5 de novembro, na Universidade de Caxias do Sul (UCS). 

Produtores rurais, engenheiros agrônomos, biólogos, nutricionistas, técnicos, professores, estudantes e consumidores tratarão do tema durante os três dias reservados para o 5º Encontro Caxiense para o Desenvolvimento da Agricultura Orgânica e Sustentável e 3ª Reunião Sul Brasileira sobre Agricultura Sustentável. Um dos principais painelistas do evento é o economista e professor da PUC-SP, Ladislau Dowbor, consultor para diversas agências das Nações Unidas, governos e municípios*. 

Entre as temáticas previstas dos debates, estão o aquecimento global, a problemática do uso indiscriminado de agrotóxicos, biodiversidade e segurança alimentar, vitivinicultura, insumos para a agricultura orgânica, entre outros assuntos que serão abordados por dezenas de palestrantes convidados.

“O encontro já é consolidado e reconhecido na região Sul. Neste ano, ele terá um dia a mais. Queremos repetir o sucesso das outras edições, voltando o foco para assuntos que interessam tanto à comunidade acadêmica como à população em geral, que têm sido prejudicada silenciosamente por meio do consumo de produtos carregados de agroquímicos”, destaca a doutora em Biologia e coordenadora do evento, Valdirene Camatti Sartori.

O encontro é uma realização da UCS, por meio do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde – Instituto de Biotecnologia –, prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Centro Ecológico – Assessoria e Formação em Agricultura Ecológica, entre outros apoiadores.

Sobre alguns dos palestrantes convidados:

Ladislau Dowbor*
Formado em economia política pela Universidade de Lausanne, Suíça, Ladislau Dowbor é doutor em Ciências Econômicas pela Escola Central de Planejamento e Estatística de Varsóvia, Polônia. Atualmente, é professor titular no departamento de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, nas áreas de economia e administração. É consultor para diversas agências das Nações Unidas, governos e municípios, além de organizações do sistema “S” (Sebrae e outros). Atua como Conselheiro no Instituto Polis, CENPEC, IDEC, Instituto Paulo Freire, Conselho da Cidade de São Paulo e outras instituições.

Sua principal área de atuação é o ensino e a organização de sistemas de planejamento. Atua no desenvolvimento de sistemas descentralizados de gestão, particularmente no quadro de administrações municipais, envolvendo sistemas de informação gerencial, políticas municipais de emprego, políticas integradas para criança de risco e gestão ambiental. 

É autor e co-autor de cerca de 40 livros, e de numerosos artigos. Destacam-se as obras “Formação do Terceiro Mundo”, “O que é capital?”, “Aspectos econômicos da Educação”, “Introdução ao Planejamento Municipal” e “Formação do Capitalismo no Brasil”.

Textos técnicos disponíveis no endereço www.dowbor.org.


Luiz Geraldo de Carvalho Santos 
Consultor em manejo de nutrição e irrigação de hortaliças a campo e ambiente protegido da Fazenda Malunga, localizada em Brasília (DF), Luiz Geraldo de Carvalho Santos é graduado em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina. Sócio Gerente da Ensistec Consultoria e Assessoria em Agricultura Orgânica, também é consultor das Fazendas Labrunier e do Sítio do Moinho Produtos Orgânicos. Atuando com agricultura orgânica, planejamento de produção, gestão da qualidade, manejo de irrigação e nutrição visando e sanidade e qualidade, racionalização de uso de agroquímicos visando a redução de custos e competitividade, através de monitoramento de irrigação e nutrição, integrando clima, bem como tensiometria, nutrição e planta. Desenvolve formulações orgânicas de alto desempenho para substituição de agroquímicos.


René Piamonte Peña
Engenheiro agrônomo formado pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-USP), René Piamonte Peña tem especialização em Melhoramento Biodinâmico de Plantas (1987-88) pelo Instituto para o Melhoramento de Plantas – Rittershain-Comber, Alemanha, mestrado em Horticultura pela Universidade Estadual Paulista (UNESP –Botucatu) e doutorado em Ciências Sociais – Arqueologia pela Universidad Nacional Mayor de San Marcos (UNMSM), de Lima, Peru. René desenvolveu projetos de consultoria no Chile, República Dominicana, Paraguai, Peru, Argentina e Equador e é inspetor credenciado para a agricultura orgânica e biodinâmica do Instituto Biodinâmico (IBD) Brasil, KRAV – Suécia e DEMETER – Alemanha. Foi voluntário no estabelecimento de estudo e grupo de trabalho sobre Agricultura Biodinâmica no Peru e deu suporte para a criação da Associação de Agricultura Biodinâmica Argentina. É membro do Fórum de Desenvolvimento da Federação Internacional de Movimentos de Agricultura Orgânica (IFOAM), na Alemanha e membro do grupo de peritos internacionais para a revisão da Agricultura Orgânica para o IFOAM.

Hasime Tokeshi
É graduado em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - USP e Ph.D. na The Ohio State University. Tokeshi iniciou como professor assistente (1959), chegando a professor titular do departamento de Fitopatologia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (1988). Desde novembro de 1991 tem se dedicado aos estudos de solos supressivos a doenças e demonstrado que a supressão de doenças está interrelacionada com as propriedades físicas e microrganismos benéficos usados na agricultura sustentável e natural. Em 2003 assumiu a coordenação do programa de melhoramento de hortaliças para o sistema de agricultura sustentável da Fundação Mokiti Okada.

Neice Müller Xavier Faria
Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestrado em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas e doutorado em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos temas epidemiologia, agrotóxicos, saúde ocupacional, agricultura e ocupacional. É médica da prefeitura de Bento Gonçalves, atuando na Secretaria de Saúde (áreas de Vigilância à Saúde e coordenação médica de Estratégia de Saúde da Família (ESF), professora convidada da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), vínculo livre da Universidade Federal de Pelotas (UFP) e do Centro de Ensino Superior Cenecista de Farroupilha. Pesquisadora associada ao Grupo de Pesquisas em Saúde do Trabalhador da UFP. 

Veja a programação completa, acessando aqui.

Serviço:

Quando: 3, 4 e 5 de novembro
Horário: dias 3, 4 e 5  das 8h às 18h
Local: UCS Teatro (Bloco M da Cidade Universitária)
Inscrições: pelo site http://www.ucs.br/site/eventos/agricultura-sustentavel, ao custo de R$ 30,00.
Informações: Telefone (54) 3218.2149, ramal 2663, ou pelo e-mail agriculturaorganica_ucs@yahoo.com.br.
 

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008