Untitled Document
Boa noite, 20 de nov
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   

Segunda-feira, 07 de Abril de 2014

 
     

Morre Augusto Carneiro, criador da primeira rede de comunicação ambiental

  

Há mais de 40 anos, em Porto Alegre, ele iniciou a multiplicação e a distribuição de textos com ideias e informações ambientais

  

Arquivo EcoAgência     
Augusto Carneiro, em 2007, falou aos participantes do II CBJA, em Porto Alegre


Por Redação da EcoAgência

Neste sete de abril de 2014, Augusto César Cunha Carneiro, aos 91 anos, despediu-se dos familiares, amigos e tantos seguidores engajados na luta em defesa do meio ambiente, a qual foi um dos pioneiros na construção. Ele esteve internado por algumas semanas no Hospital Mãe de Deus em Porto Alegre, com dificuldades respiratórias e em outros órgãos. Morreu durante a madrugada de hoje. O velório será no Cemitério São Miguel e Almas e o enterro está marcado para às 19h.

Há quase sete anos, o Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul (NEJ-RS), homenageou Augusto Carneiro durante a realização do II Congresso Brasileiro de Jornalismo Ambiental (CBJA) em Porto Alegre. Foi ele o responsável pela criação da primeira rede de comunicação ambiental. De acordo com a notícia da EcoAgência, "Já no início dos anos 70, Carneiro se empenhava, na capital gaúcha, em reproduzir textos, primeiro em mimeógrafo e mais tarde em xerox, que trouxessem boas ideias e informações importantes sobre ambientalismo, que depois eram distribuídos da forma mais ampla possível. O objetivo era criar uma rede de informações sobre ecologia e promover a consciência ambiental". O seu empenho motivou aqueles que, desde então, participam das redes para a difusão do Jornalismo Ambiental.

Augusto Carneiro foi o articulador da fundação da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (AGAPAN), da Fundação Gaia e da PANGEA - Associação Ambientalista Internacional. Esteve desde o início com uma banca de venda de livros na Feira Ecológica, na Av. José Bonifácio. Na juventude foi membro do Partido Comunista, tendo sido o responsável pela Livraria Farroupilha. Participou da realização da primeira Feira do Livro de Porto Alegre e, em 2003, lançou durante este evento, o livro "A História do Ambientalismo". A partir de 1971, foi companheiro de José Lutzenberger na AGAPAN e na Fundação Gaia. Recentemente, apoiou a criação do Instituto Augusto Carneiro.

Leia também:

Gratidão ao criador da rede

Augusto Carneiro autografa hoje na Feira do Livro "A História do Ambientalismo"

Imagens do Núcleo de Ecojornalistas do RS 

 

EcoAgência

  
  
  Comentários
  
Joao Batista - 07/04/14 - 15:45
O Carneiro também, como presidente da PANGEA, e do AgirAzul, concordou com o sediamento da EcoAgência, em seus primeiros tempos, no AgirAzul na Rede. Sempre apoiou a própria EcoAgência. Fica o registro.
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008