Untitled Document
Bom dia, 23 de nov
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

 
     

3º Encontro de Saberes e Sabores reúne comunidade, lança cartilhas e vídeo em Cotriguaçu

  

Encontro, que tem um papel importante de aproximação de comunidades vizinhas, reuniu mais de 500 pessoas interessadas na programação.

  

ICV    
Café da manhã contou com produtos da agricultura familiar,


Por Raíssa Genro/ICV

A comunidade de Ouro Verde, do P.A Nova Cotriguaçu, no município de Cotriguaçu, esteve em festa no último domingo, 19 de outubro. O 3º Encontro de Saberes e Saberes encheu o espaço da Associação de Reflorestamento Agroindustrial Ouro Verde Norte com mais de 500 pessoas interessadas na programação que contou com palestras, feira de produtos locais, música, leitura de poemas e comidas regionais.

Primeiro vieram os sabores: um café da manhã com produtos da agricultura familiar, como pães, doces, frutas, biscoitos e mingau de babaçu. Depois de uma apresentação musical, os Saberes entraram em cena. A analista de gestão ambiental Carolina Jordão, e a educadora de práticas sustentáveis Suzanne Scaglia, ambas do Instituto Centro de Vida (ICV) apresentaram o projeto Noroeste MT: território florestal sustentável, que dará continuidade às ações da instituição através do incentivo ao envolvimento da sociedade na conservação do importante maciço florestal presente na região Noroeste.

Ao longo do dia mais Saberes foram acrescentados: o coordenador de projetos do Instituto Ouro Verde, Alexandre Olival, falou sobre o Ano Internacional da Agricultura familiar, camponesa e indígena, celebrado neste ano. ”A diferença se dá no campo, na decisão do produtor do que ele vai plantar”, destacou Olival sobre o protagonismo do agricultor familiar.

Resultados apresentados

Fruto do Diálogo Intersetorial de Cotriguaçu, que reuniu poder público, empresários florestais, indígenas, agricultores familiares, pecuaristas e organizações não governamentais, nos dias 23 e 24 de setembro em Cotriguaçu, a Carta Cotriguaçu Sempre Verde foi exposta e também lida, para que todos pudessem acrescentar contribuições. O documento é resultado da construção coletiva sobre a Cotriguaçu desejada para 2020 e apresenta uma série de compromissos para atingir essa visão de futuro. O momento do Diálogo Intersetorial pôde ser revisitado a partir de um vídeo exibido no Encontro. Outra produção apresentada foi sobre o 2º Encontro de Saberes e Sabores.

Um mapa interativo do assentamento contendo as divisas por lote e as informações do proprietário, desenvolvido pelo Núcleo de Geotecnologias do ICV foi apresentado pelo coordenador do Núcleo, Ricardo Abad.

Os três anos de atuação do Projeto Cotriguaçu Sempre Verde no incentivo à organização comunitária, à agroecologia e às boas práticas agropecuárias – leite resultaram em três cartilhas lançadas no evento. Jaquicele Gomes, moradora da comunidade Ouro Verde e aluna do curso de agroecologia estava ansiosa por ver as ações documentadas. Ao se ver na capa da cartilha, sorriu, satisfeita.

Troca cultural

Os indígenas da etnia Rikbaktsa da Terra Indígena Escondido localizada no município, apresentaram seu Plano de Gestão Territorial, expuseram seus artesanatos para venda e, pela primeira vez, fizeram uma apresentação de dança no assentamento. Além da feira de artesanato e produtos regionais outro ponto movimentado foi a Feira de Troca de Sementes, também realizada pela primeira vez.

O momento despertou interesse e curiosidade dos agricultores sobre diferentes espécies florestais e agrícolas. “O Encontro de Saberes e Sabores é aguardado o ano inteiro pelos agricultores, principalmente por aqueles das comunidades que ainda não o sediaram e tem um papel importante de aproximação de comunidades vizinhas e promoção do trabalho comunitário”, afirmou Elisangela Sodré, educadora de práticas sustentáveis do ICV sobre a valorização das atividades realizadas ao longo do ano pelas associações e grupos de mulheres.
 
ICV - EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008